sábado, 6 de outubro de 2012

Década de 70

 Nos anos 70 a juventude se destacava por estar inserida na política, o Brasil em plena ditadura militar havia censura e repressão aos movimentos artísticos e a moda, Zuzu Angel lançava coleções de moda inspiradas na cultura nacional e vendia em Nova York.
Coleção International Dateline Collection, de Zuzu Angel.
 A mulher lutava cada vez mais por seus direitos e pelo seu lugar na sociedade, e com toda essa ousadia feminina nasce a tanga nas areias cariocas em 1974.
 O movimento hippie nasceu na Califórnia, onde jovens estudantes pacifistas pregavam a filosofia do amor. A cultura do oriente é uma das bases da filosofia hippie, e com isso túnicas, roupas largas, batas indianas, e estampas orientais entram com toda força na moda. Com roupas ecologicamente conscientes de algodão, materiais naturais e tinturas caseiras rendas, jeans muitas vezes bordados, saias longas, camurça com franjas,colares de contas, miçangas, bijuterias étnicas, botas de camurça e sandálias de plataforma, e cores, muitas cores.

 Grandes estilistas como Kenzo, Ralph Lauren, Vivienne Westwood, Thierry Mugler e Issey Miyake se destacam no cenário da moda mundial.
 O movimento punk, que também pertence aos anos 70, tem inicio a partir da revolta dos jovens Ingleses desempregados contra a sociedade. Daí nasce também uma contracultura, onde o anarquismo é defendido e a luta contra o sistema econômico se torna uma ideologia.Os punks demonstram toda essa revolta através de suas vestimentas, que chocavam a todos e faziam com que fossem considerados desordeiros.
 
Imagens: Reprodução


 PS:Este texto foi pesquisado e escrito por mim. Entenda

Nenhum comentário:

Postar um comentário