quarta-feira, 16 de março de 2016

QUI QU’A VU COCO – A História de Chanel

19 de agosto de 1883 nascia a mulher que iria revolucionar a história da moda, Gabrielle Bonheur Chanel.

 Gabrielle nasceu em um hospital para indigentes em Saumur. Seu pai, feirante vendia botões e aventais. A sua mãe Jeanne morre de ataque de asma, e o pai entrega a menina com 12 anos de idade para um orfanato.Aos 18 anos, em 1901, Gabrielle deixa o orfanato vai para uma pensão em Moulins, trabalhava de doméstica em troca de moradia. Chanel foi trabalhar no cabaré da Rotonde, onde dançava e cantava, e foi uma canção que lhe deu o apelido que acompanhou sua fama, “QUI QU’A VU COCO” que dizia em sua letra “Perdi meu pobre Coco, Coco, meu adorável cãozinho, perdi o perto do trocadero, quem viu Coco?”
 Etienne levou Gabrielle e Emilienne D´Aleçon, a sua outra amante,para Paris. Chanel se apaixona por Boy Capel , mas Etienne não a deixa formando um triângulo amoroso. Com o patrocínio de seus amantes, Gabrielle começa a vender os seus chapéus de palha super simplificados, bem diferente dos que eram usados na época.  E foi lá que conheceu o filho de um industrial têxtil, Etienne Balsan que logo se envolveu com Gabrielle. Irreverente, Chanel usava os paletós e gravatas do rapaz, e cria o chapéu de palha simples.
                                                                         Famoso chapéu de palha

 Em 1911, Chanel abriu seu ateliê. Dois anos mais tarde tem a idéia de abrir uma loja em Deauville, cidade litorânea, bem freqüentada, e começa a vender trajes esportivos, roupas largas e confortáveis. É um sucesso! Com a 1° Guerra Mundial a cidade fica vazia, mas Chanel não desanima abre outra loja na cidade de Biarritz. 
Em plena guerra, a falta de matéria prima fez com que os vestidos ficassem mais curtos e também foram aproveitados retalhos e usados tecidos baratos, mas o preço de venda era bem caro.
                                                                                        Chanel em 1930
 A guerra chega ao fim e Chanel lança o famoso vestido preto, nessa época, só se usava preto em enterros.
                                                                                             Chanel
 Famosa, faz o figurino da atriz Gloria Swanson para o filme Tonight or Never.
                                                          Gloria Swanson com figurino feito por Chanel.

 Em 1923, Gabrielle teve a brilhante idéia de criar um perfume diferente do floral que as mulheres usavam na época e nascia o Chanel n°5. Chanel estava num  relacionamento com  Pierre Wertheimer e acabou passando 70% das ações da Le Parfums para ele que depois se tornaria único proprietário. Só em 1947 ela retoma 10% dos valores das vendas do Chanel n°5.
 O sucesso é tão grande chega a ter 41 lojas na década de 30. Em 1929 a recessão atingiu o mercado de luxo, Chanel reduz seus preços pela metade. Passa a usar tecidos mais baratos como algodão e organdi e troca os botões pelos zíperes. Também nessa época, as pérolas falsas foram lançadas, os sapatos bicolores, e o prêt-a-porter .
                                                                  Propagando do perfume Chanel N°5 em 1930
 Em 1939, em plena 2° guerra mundial conhece o nazista Hans Gunther Von Dinklage. Em 1944, é presa acusada por colaborar com os nazistas, permanendo apenas 3 horas na prisão. Em 1970, lança o perfume 19, que era sua data de aniversário, e em  10 de janeiro de 1971, aos 86 anos fala as últimas palavras “Esta vendo? É assim que se morre”.
                                                                     Croqui de Chanel  em 1903

Imagens: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário